NOTÍCIAS

Notícias gerais e sobre o mercado de recebíveis – Fomento comercial

 

III Encontro Regional de Fomento Comercial da Alta Mogiana Paulista

quinta-feira, 30 de novembro de 2017.
Fonte: ANFAC

A ANFAC, no desempenho de sua função institucional, realizou, em Ribeirão Preto, o mais um evento, o III Encontro Regional de Fomento Comercial da Alta Mogiana Paulista, no último dia 28 de novembro, com a participação de empresários de diversas cidades daquela região geográfica, abrangendo parte do Estado de São Paulo e parte do Estado de Minas Gerais.

Os temas sugeridos tinham por objetivo mostrar a importância socioeconômica do fomento comercial, cuja sobrevivência depende de uma entidade que se dedique à execução da estratégia de levar avante o vitorioso empreendimento inserido no ambiente brasileiro de negócios.

A institucionalidade protagonizada pela ANFAC consiste em oferecer às empresas de fomento comercial serviços de apoio e orientação, com a reciprocidade de vantagens e benefícios, que possam contribuir para otimizar sua capacidade de gestão e salvaguardar os interesses do setor.

Em outras palavras, o Presidente da ANFAC, fez questão de ressaltar que o somatório dos benefícios e vantagens que são oferecidos garantem margem para as empresas investirem na entidade que vigia e defende ininterruptamente seus interesses e assegura a sua sobrevivência para auferir os seus ganhos.

Outro tema do evento foi "Checagem documental como mecanismo na prevenção de fraudes", a cargo do Consultor Jurídico da ANFAC, José Luis Dias da Silva, que ressaltou os objetivos da checagem na aquisição de direitos creditórios, dos documentos e os aspectos formais a serem observados na formalização dos negócios de uma empresa de fomento comercial.

Muitas vezes, as empresas, envolvidas na rotina não atentam para algumas falhas na checagem e documentação de dados, que se refletem depois na cobrança desses créditos.

Com a evolução da tecnologia, as empresas de fomento comercial podem dispor de instrumentos mais seguros nas formas de comunicação e confirmação de informações, imprescindíveis para a liquidação normal e tranquila das operações.

Em prosseguimento, palestrou o empresário Marcio Lima Gonçalves, Diretor Administrativo e Financeiro da ANFAC, sobre "Central de Risco", abordando aspectos fundamentais da implementação de um repositório de dados sobre riscos operacionais e sobre riscos de crédito que implica basicamente no compartilhamento de informações de todas as empresas do setor, tendo em vista o seu precípuo objetivo de evitar golpes e fraudes e reduzir inadimplência.

Ressaltou que é antiga meta da ANFAC disponibilizar ferramentas para a prevenção de fraudes e para redução de custos nas consultas que se fazem necessária s e indispensáveis para a formalização segura dos negócios de uma empresa de fomento comercial.

O empresário Junior Santos, da iDtrust, ocupou-se do tema sobre as Fintechs, o dinheiro como ferramenta de troca na era digital, o impacto das tecnologias no mundo dos negócios, as operações estruturadas para o mercado de fomento e Consulta Pública Bacen 55/2017, relativamente à SCD - Sociedade de Crédito Direto e SEP - Sociedade de Empréstimo entre Pessoas, são alternativas que fazem parte da Agenda BC, visando maior disseminação do crédito e a consequente redução do custo do dinheiro, para diminuir o elevado preço do SPREAD bancário.

Finalmente, o tema "Antecipação de Recebíveis de Cartão de Crédito no Fomento Comercial" foi apresentado pelo Diretor do Banco Paulista, Fabio Zacharias Focaccia, que focalizou o fluxo operacional da operação dos recebíveis de cartão de crédito, o sistema de controle de garantias (SCG/CIP), a prestação de serviço de trava domicilio bancária para a garantia de recebíveis de cartão e o custo operacional dessa operação.

O Presidente da ANFAC encerrou o dia de trabalho com palavras de estímulo aos empresários presentes, congratulando-se com a iniciativa de participarem de evento, como aquele, que só pode agregar aperfeiçoamento de governança corporativa numa eficiente política de gestão.